Orquestra Sinfônica Estatal Russa “Evgeny Svetlanov” mostra o poder transcendental da música

O primeiro dos dois concertos de 2018 que a Sinfônica Estatal Russa “Evgeny Svetlanov” realizou na Sala São Paulo, dia 16 de abril, evidenciou a grandeza desta Orquestra.

A sonoridade cristalina, a unicidade impressionante do conjunto sinfônico somada à nitidez de cada instrumento soando por si no momento exato, a regência precisa e envolvente do maestro Terje Mikkelsen, mostram que é possível experimentar momentos de sublime beleza através da música.

O programa reuniu excertos da Suíte Peer Gynt, de Grieg, o Concerto nº 2 para Piano em Dó Menor, de Rachmaninov e a Sinfonia nº 5 em Mi Menor, de Tchaikovsky.

São obras que o frequentador assíduo de salas de concerto já ouviu algumas vezes. Mas, a interpretação deste repertório pela Sinfônica Estatal Russa proporciona prazer renovado – como se a harmonia do universo estivesse sendo apresentada aos sentidos pela primeira vez.

Para as apresentações de 2018 em São Paulo, a Orquestra Sinfônica Estatal Russa trouxe uma novidade: o jovem pianista Philipp Kopachevsky, prodígio da nova geração de talentos da Rússia.

Ao piano, Kopachevsky parece abstrair por completo o caráter público da apresentação. Absolutamente absorvido pela música, faz do próprio êxtase musical o seu canal de comunicação com a plateia. Seu solo no Concerto nº 2 de Rachmaninov foi mais um motivo para o concerto tornar-se uma experiência única. O romantismo próprio desta obra ele explorou com equilíbrio, sem perder o arrebatamento.

Espetáculo como este denota a importância histórica da música na Rússia – país onde a tradição musical que já é patrimônio universal se mantém por meio de escolas e conservatórios de alto padrão, da valorização da profissão de músico (ocupação de muito prestígio entre os russos – como disse o maestro Mikkelsen em sua entrevista ao website do Mozarteum) e da cultura como bem cotidiano, inserido na vida dos cidadãos. Não à toa, espetáculos de música, ópera e balé contam com plateias fieis e numerosas no dia a dia da Rússia.

Leia a entrevista do maestro Terje Mikkelsen e saiba mais sobre a Orquestra Sinfônica Estatal Russa “Evgeny Svetlanov”.

Voltar para Cultura Musical