Angelika Kirchschlager, da Ópera de Viena, Brenda Boykin, musa do jazz, e Mennana Ennaoui, lady do rock, proporcionam um encontro de diferentes culturas musicais na 4ª noite do 7º Música em Trancoso

A quarta noite do 7º Música em Trancoso reuniu três extraordinárias cantoras de diferentes culturas musicais – a mezzo-soprano austríaca Angelika Kirchschlager, a norte-americana Brenda Boykin, que representa a tradição do jazz, e a marroquina Mennana Ennaoui, cujo repertório mistura rock, pop, blues, soul, country e folk. Pela primeira vez elas cantaram juntas, trocando a especialidade de cada uma pela diversidade musical do conjunto.

Músicos de primeira linha acompanharam as três estrelas, neste programa intitulado Divas: Wolfgant Roese ao piano, Arnulf Ochs na guitarra, Jean-Marc Robin na bateria e Jens Loh no baixo.

O espetáculo contou ainda com a participação especial de Sabine Lovatelli, presidente do Mozarteum Brasileiro. No papel de anfitriã e apresentadora, ela trouxe uma compreensão mais ampla sobre as músicas escolhidas e o encontro musical da noite. Com quatro mulheres protagonizando a apresentação, o festival aproveitou para antecipar a comemoração do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

A ideia de reunir diferentes cantoras em um mesmo espetáculo surgiu no Música em Trancoso de 2016, quando Angelika Kirchschlager e Mennana Ennaoui se conheceram e fizeram muito sucesso ao cantar juntas a canção The Rose, celebrizada por Bette Midler. Na edição de 2018 do festival, o encontro se expandiu e ganhou a presença de Brenda Boykin, uma sumidade do jazz.

Juntas, as três personalidades interpretaram um repertório que deleitou o público. Em apresentações solo, em duplas ou trios, elas brilharam e se divertiram umas com as outras no programa que proporcionou uma viagem musical, com músicas de Schubert, Beatles, Cole Porter, Rolling Stones, Leonard Cohen, entre vários outros.

“A condição para aproveitar o espetáculo de hoje é simples: ser curioso e estar aberto ao novo”, havia anunciado Sabine Lovatelli no início do espetáculo. Ao final, Angelika Kirchschlager, Brenda Boykin e Mennana Ennaoui compartilhavam com o público o puro prazer da música, com intensidade e sem fronteiras de linguagem.

Além dos espetáculos noturnos no Teatro L’Occitane, o 7º Música em Trancoso continua com sua programação paralela de masterclasses e ações de iniciação musical em escolas. Nesta edição do festival, as apresentações gratuitas em espaços públicos começaram na terça-feira, 6 de março, com o concerto na Praça do Bosque de Trancoso, realizado pelo grupo de metais da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro.

Voltar para Cultura Musical