Na programação da Copa do Mundo de 2018 a Rússia exibe o que tem de melhor: a soprano Anna Netrebko, que cantará na Praça Vermelha com o tenor Yusif Eyvazov

Em companhia de mais quatro estrelas líricas e da Orquestra Sinfônica do Teatro Mariinsky, sob regência de Valery Gergiev

Anna Netrebko e Yusif Eyvasov

Como sede da Copa do Mundo de 2018, a Rússia quer exibir seus pontos fortes. Um deles é a música clássica, tão presente no cotidiano russo quanto o futebol.

Terra de grandes solistas, maestros e compositores (como Tchaikovsky, Mussorgsky, Stravinsky, Prokofiev, Rachmaninov, Shostakovitch, para citar alguns de um time estelar), a Rússia não poderia deixar de ostentar seus maiores talentos durante um dos eventos esportivos de maior repercussão do planeta.

Na véspera da abertura da Copa do Mundo de 2018, dia 13 de junho, um concerto de gala se realizará na Praça Vermelha de Moscou, com a participação de grandes estrelas da música clássica russa. Este grande espetáculo integra a programação de eventos da Copa e contará com a soprano Anna Netrebko, a mais célebre artista lírica russa do momento, o tenor Yusif Eyvazov e mais três importantes cantores russos – Ildar Abdrazakov, Aida Garifullina e Albina Shagimuratova, além do pianista Denis Matsuev. Roberto Alagna, tenor francês de ascendência italiana, participa como convidado especial. Para acompanhar solistas de tal calibre, não poderia faltar uma orquestra icônica da Rússia: a Sinfônica do Teatro Mariinsky, de São Petersburgo, sob regência de outra legenda musical, o maestro Valery Gergiev.

Tendo como cenário a Praça Vermelha, um dos mais imponentes cartões postais da Rússia, é certo que o espetáculo impressionará o mundo e reforçará as expectativas do público brasileiro, que aguarda a estreia de Anna Netrebko e Yusif Eyvazov no Brasil no dia 6 de agosto, na sala São Paulo.

O casal de cantores líricos se apresentará pela primeira vez no Brasil em companhia da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, sob regência de Jader Bignamini, como maestro convidado. O concerto marca a programação de 2018 em São Paulo, do Mozarteum Brasileiro.

Voltar para Cultura Musical