Yusif Eyvazov

Tenor

Yusif Eyvazov nasceu na Argélia e se mudou para a Itália, onde concluiu os estudos avançados com o renomado tenor Franco Corelli e com a soprano Ghena Dimitrova.

O tenor iniciou a temporada 2016/17 com uma série de concertos em Hamburgo, Colônia, Sochi, Budapeste e Moscou, dividindo os palcos com Anna Netrebko. Em outubro de 2016 retornou ao Teatro Bolshoi como Des Grieux (Manon Lescaut). Depois, fez várias estreias em diferentes palcos e papeis, incluindo Macduff (Macbeth) na Ópera Estatal da Baviera, o papel-título de Andrea Chenier na Ópera de Praga e Maurizio (Adriana Lecouvreur) no Teatro Mariinsky. Outros concertos levaram o tenor a Paris, Mascate (Omã), Calgary e Toronto (Canadá). Eyvazov participou do novo CD da cantora Anna Netrebko, Verismo, lançado pelo selo Deutsche Grammophon.  

Em 2015/16, Yusif Eyvazov fez uma série de estreias importantes, começando pela montagem de I Pagliacci na Ópera de Los Angeles, sob direção de Plácido Domingo, estreando na Metropolitan Opera como Calaf em Turandot e mais tarde se apresentando pela primeira vez na Ópera de Paris e na Ópera Estatal de Berlim em Il Trovatore. Sua estreia no Festival de Salzburg foi no verão de 2016, em Manon Lescaut. Nos palcos de concerto, realizou importante turnê pela Ásia ao lado de Anna Netrebko na primavera de 2016.

Apresentações recentes de Yusif Eyvazov incluem Turiddu em Cavalleria Rusticana, com a Orquestra Sinfônica LaVerdi de Milão, Radamés em Aida para a Ópera Fiesole e no Teatro dell’Opera em Roma, Cavaradossi em Tosca no Teatro Bolshoi de Moscou, o papel-título em Otello de Verdi no Festival de Música de Ravenna, Manon Lescaut (Des Grieux) ao lado de Anna Netrebko no Teatro dell’Opera em Roma, sob a batuta de Riccardo Muti, além de Canio em I Pagliacci no Teatro Petruzzelli em Bari (Itália), sob regência de Paolo Carignani.