Marcela Rahal

Soprano

Formou-se em canto lírico na Universidade de São Paulo (USP) e foi aluna de Francisco Campos e Ricardo Ballestero.

Integrou o Ópera Studio EMESP de 2013 a 2015 e a Academia de Ópera do Theatro São Pedro, de 2016 a 2017.

Em outubro de 2017 realizou seu début no papel-título de La Cenerentola, de Gioacchino Rossini, no Theatro São Pedro.

Já interpretou os seguintes papéis: Príncipe Orlofsky (ópera O Morcego, de Strauss), Segunda Dama (A Flauta Mágica, Mozart), Marchesa Melibea (Il Viaggio a Reims, Rossini), Miss Jessel (A Volta do Parafuso, Britten), Miss Todd (The Old Maid and the Thief, Menotti) e A Voz Humana (Poulenc).

Também se destacou como solista de obras sinfônicas, como a Nona Sinfonia de Beethoven e o Requiem, de Mozart.

Em 2013 conquistou primeiro lugar no concurso Bauru-Atlanta Competition. Em 2018 venceu o concurso Jovens Solistas da OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo).