Constantine Orbelian

Regente

Constantine Orbelian está inserido em duas grandes sociedades, encontrando sinergias e promovendo harmonia a partir daquilo que cada uma delas tem de melhor”. (Revista Fanfare)

Ao longo de mais de 25 anos o brilhante pianista e regente norte-americano vem sendo personagem central da vida musical russa – como diretor musical da Orquestra de Câmara de Moscou e da Philharmonia da Rússia, e como regente convidado frequente de outras ilustres orquestras russas. Realiza turnês com estrelas americanas em centros musicais russos e com estrelas russas em centros musicais norte-americanos, estendendo essas maravilhosas parcerias a turnês pela Europa, Reino Unido, Japão, Coreia e outras capitais musicais ao redor do mundo.

A indicação de Orbelian como diretor musical da Orquestra de Câmara de Moscou em 1991 foi uma grande inovação, já que foi o primeiro americano da história a se tornar diretor musical de um ensemble na Rússia. Esse “americano em Moscou” é bem conhecido como incansável defensor e embaixador internacional do intercâmbio cultural russo-americano através de suas turnês pelo mundo. Em janeiro de 2004, Orbelian foi condecorado com o disputado título de “Artista de Honra da Rússia”, título nunca antes concedido a um cidadão não russo.

“Orbelian tem qualidade de astro e sua orquestra toca com paixão e precisão”, declarou a revista The Audio Critic a respeito de sua aclamada série de mais de 30 gravações pelo selo Delos. Dentre suas participações em concertos e televisão, há parcerias com estrelas e astros como Ewa Podles, Sondra Radwanovsky, Lawrence Brownlee, Renée Fleming e Dmitri Hvorostovsky, além de Van Cliburn no retorno emocionante de Cliburn a Moscou. A Opera News descreveu Orbelian como “o parceiro de sonho dos cantores” e comentou que ele rege o repertório vocal “com a sensibilidade de um pianista de Lieder”. As parcerias frequentes de Orbelian com Hvorostovsky incluem o repertório das gravações pelo selo Delos, Where Are You, My Brothers (Onde Estão Vocês, Meus Irmãos?) e Moscow Nights (Noites em Moscou), apresentado em muitas turnês e transmissões, incluindo históricas transmissões ao vivo a partir da Praça Vermelha em Moscou, além de participações na série anual de concertos de Hvorostovsky, “Hvorostovsky and friends” (Hvorostovsky e amigos), em Moscou e São Petersburgo. Também foi Orbelian quem regeu outra apresentação histórica de duas celebridades da ópera, Dmitri Hvorostovsky e Anna Netrebko, na Praça Vermelha, em junho de 2013.

A primeira produção cinematográfica de Orbelian, Renée Fleming e Dmitri Hvorostovsky: Uma Odisseia em São Petersburgo, foi filmada nos mais gloriosos palácios de São Petersburgo, e capturou os astros Renée Fleming e Dmitri Hvorostovsky encenando óperas e cantando árias. O filme de certa maneira representa a culminação dos esforços de Orbelian em São Petersburgo, já que ele é fundador e diretor musical do Festival Internacional de Música Palácios de São Petersburgo.

Nascido em São Francisco, filho de pai armênio e mãe russa que emigraram para os Estados Unidos, Constantine Orbelian estreou como prodígio do piano com a Sinfônica de São Francisco aos 11 anos de idade. Após graduar-se pela Juilliard School de Nova York, seguiu carreira como virtuoso do piano, o que incluiu apresentações com as principais orquestras sinfônicas dos Estados Unidos, Reino Unido, Europa e Rússia. Seu registro do Concerto para Piano de Khachaturian, sob regência de Neeme Järvi, venceu o prêmio de “Melhor Gravação de Concerto do Ano” no Reino Unido.

Em 2014, o registro das árias virtuosísticas de Rossini na voz do tenor norte-americano Lawrence Brownlee, com a Orquestra Sinfônica da Cidade de Kaunas (Lituânia), sob regência de Constantine Orbelian, recebeu indicação ao Prêmio Grammy. Foi uma conquista notável tanto para o regente como para a orquestra, que estava sob seu comando desde 2013.

Em 2001 Orbelian foi agraciado com a Medalha de Honra Ellis Island, uma homenagem a imigrantes ou filhos de imigrantes que realizaram excepcionais contribuições aos Estados Unidos. Em 2012, recebeu a Ordem de Amizade da Rússia, em reconhecimento pelo trabalho de promoção da cultura russa dentro e fora do país. Em 2015, recebeu a Ordem da Amizade da República da Armênia.

Em junho de 2016 Constantine Orbelian foi indicado para o posto de diretor musical do Teatro de Ópera e Balé Nacional da Armênia.