Aaron Wajnberg

Piano

Após se apresentar como pianista colaborador no Concurso de Canto Queen Elisabeth 2018, Aaron Wajnberg logo se tornou um dos mais requisitados pianistas colaboradores de sua geração.

Em 2011 este pianista belga estreou no Carnegie Hall de Nova York e desde então vem se apresentando nas principais salas de concerto do mundo todo, como o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Veronica Hagman Hall Danbury (Connecticut, EUA), Palau de les Arts Valencia, Ópera Estatal de Munique, Ópera Nacional Holandesa, Tonhalle Düsseldorf, Sala Clara Schumann em Frankfurt, Crystal Hall Rogaska Slatina, Mozarteum de Salzburg, Filarmônica de Luxemburgo, Teatro Communale de Bolonha, Teatro Verdi de Milão, Auditorium du Nouveau Siècle em Lille, Ruse State Opera (Bulgária), Teatro Municipal Baltasar Dias em Funchal (Ilha da Madeira), Sala da Filarmônica de Kiev, Elizabethsaal, Flemish Opera, DeSingel and AMUZ Festival van Vlaanderen (Antuérpia), La Monnaie, FLAGEY, Miry Concert Hall Ghent, Conservatório Real de Bruxelas.

Aaron Wajnberg se firmou como músico de câmara de grande demanda, tendo se apresentado ao lado do violinista russo Artiom Shishkov, além de Fernando Gonzalez, Julien Hervé, Roman Patocka, Maciej Pikulki, Dmytro Sukhovienko, Levente Kende, Matthew Barley e conjuntos de música de câmara como o Terra Nova Collective, Quatuor Enesco e Quatuor Danel, entre outros.

Atuou ainda como pianista colaborador em masterclasses internacionais e recitais de grandes cantores como Ann Murray, Héloise Mas, Edith Wiens, Maxim Mikhailov, Charlotte Wajnberg, Liesbeth Devos, Stephanie Friede, Cairan Ryan, Hanne Roos, Emma Char, Karen Vermeiren, Lubov Stuchevskaya, Thomas Allen, Sergei Leiferkus, Gary Jankowski, Jean-Paul Fouchecourt, Stefan Cifolelli, Danylo Matviienko, Yuriy Hadzetsky, Sooyeon Lee.

Aaron Wajnberg estudou no Conservatório Real de Antuérpia com L. Kende, J. De Beenhouwer e Lucienne Van Deyck; no Conservatório Real de Gante com V. Samoshko; e na Itália com Leonid Margarius. Especializou-se como pianista de Lieder com Helmut Deutsch em Viena e com Roger Vignoles em Londres.

Wajnberg ocupa hoje a cadeira do Departamento de Piano do Conservatório Real de Antuérpia e é convidado a dar masterclasses em Nova York e em Frankfurt.

Toca regularmente música contemporânea, tendo colaborado com compositores como L. Brewaeys, P. Boesmans, A. Besses e R. Groslot.

Gravou seu CD de estreia pelo selo austríaco Salzburg Concert Records e fará um registro ao lado da Orquestra Filarmônica de Bruxelas para o selo NAXOS (junho 2020).

Desde 2019, Aaron Wajnberg é diretor artístico do festival Antwerp LiedFest.